Programa Mãezinha Brasiliense está de volta – Flávia Arruda – Deputada Federal – Resgatar nosso trabalho pelo DF

0
64
Programa Mãezinha Brasiliense está de volta   Flávia Arruda   Deputada Federal   Resgatar nosso trabalho pelo DF
Programa Mãezinha Brasiliense está de volta Flávia Arruda Deputada Federal Resgatar nosso trabalho pelo DF

Criado em 2008 por Flávia Arruda, o programa Mãezinha Brasiliense voltou a funcionar no DF. Neste domingo (10), o Governo do Distrito Federal anunciou a retomada do projeto, agora, com o nome Bolsa Maternidade. Atendimento humanizado e integral desde o pré-natal até o pós-parto continuam sendo as bases do programa.

“Um enxoval para a criança, a ajuda no aleitamento materno e um atendimento especial para as mães nos hospitais faz toda a diferença. Quando criamos esse trabalho atendíamos todas as mães que davam à luz nos hospitais públicos”, comemora Flávia Arruda.

O enxoval é entregue na própria maternidade e é composto por body fechado, cobertor, cueiro, culote, macacão longo, macacão curto, meia, toalha, casaco com capuz, fralda descartável, lenço umedecido e pomada anti-assadura. Vale destacar que, em caso de gêmeos, trigêmeos ou mais o benefício é concedido para cada bebê. Outra opção é receber uma parcela única de R$200 por criança nascida ou nos casos de natimorto.

Para ter acesso ao benefício é necessário comprovar renda familiar igual ou inferior a meio salário mínimo por pessoa. Também é exigido comprovar a residência no DF há pelo menos seis meses. O direito ao auxílio é garantido também para pessoas em situação de rua, desde que já incluídas na Política de Assistência Social e que integram o programa Criança Feliz Brasiliense.

“O GDF agora retoma esse programa tão importante e eu parabenizo a secretária Mayara Rocha e o governador Ibaneis Rocha por isso”, declara Flávia Arruda.

Como solicitar?

O GDF orienta que as mães que ainda não tiveram o bebê façam cadastro pelo aplicativo e-Gov, disponível para celular. Após o nascimento, só é possível solicitar o benefício pessoalmente, nos endereços das unidades de atendimento da Secretaria de Desenvolvimento Social:

  • Centro de Referência de Assistência Social (Cras);
  • Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas);
  • Centros Pop.

 

Acompanhe a Flávia 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor, preencha seu nome auqi